O Filme O Trailer O Diretor Os Produtores Saiba mas sobre
Belo Monte
English  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Belo Monte depois da inundação, é um documentário que relata a situação atual na cidade de Altamira e região. Agora que a construção de Belo Monte está completa e seu reservatório inundado, a primeira turbina da barragem foi testada no início de 2016.

Belo Monte tem sido um para-raios de controvérsia ao longo dos últimos 30 anos de insistência na construção da central hidroelétrica pelo governo. Agora que o rio Xingu foi barrado e Belo Monte começou a gerar energia elétrica, o governo continua sob pressão e as controvérsias em torno deste projeto não se dissiparam.


Todd Southgate

Depois da Inundação, compara as muitas promessas feitas pelo governo federal e pelas empreiteiras durante as negociações para a construção da barragem com a situação atual, através de entrevistas com os moradores da região, ativistas e povos indígenas.

Enquanto promessas e compromissos eram firmados para trazer progresso para a região pelos proponentes desse projeto bilionário, o documentário mostra uma série de promessas não cumpridas e medidas ignoradas, que levaram não só à decepções, mas também em muitos casos, danos graves e irreparáveis às comunidades e ao seu meio de subsistência.

 

 


Depois da inundação conta uma história tocante de vidas que foram destroçadas, da omissão do governo, e, no caso do povo Juruna que vive perto da barragem, um trágico caso de etnocídio. Ainda assim, o governo mantem os planos para construir mais barragens na Amazônia.

Este documentário vai um pouco além e comenta sobre o rio Tapajós, que é outro grande afluente do rio Amazonas, localizado no estado do Pará. Ali, os Munduruku, também estão lutando para impedir que o governo construa uma barragem no rio Tapajós que inundaria uma parte significativa de seu território.

Todd Southgate Todd Southgate   Todd Southgate
chico






cast
Director
ir

International Rivers

Desde 1985, a International Rivers tem atuado no coração do movimento global para proteger os rios e garantir o respeito aos direitos de populações ameaçadas por grandes barragens e outros projetos destrutivos e, ao mesmo tempo, promover melhores alternativas de política energética e gestão das bacias hidrográficas.

Trabalhamos com organizações de base, ambientalistas, defensores dos direitos humanos e outros parceiros. A nossa visão é que os rios são essenciais para sustentar toda a vida na Terra. Queremos um mundo onde rios saudáveis e os direitos de comunidades locais são valorizados e respeitados, onde as necessidades de água e energia são atendidas sem degradar a natureza e sem aumentar a pobreza, e onde as pessoas têm o direito de participar efetivamente das decisões que afetam suas vidas.

Atualmente, a International Rivers possui seis escritórios, inclusive um escritório regional em Brasilia, sendo que o foco de nosso trabalho é na América Latina, Asia, Africa.

aw

Amazon Watch

A Amazon Watch é uma organização sem fins lucrativos fundada em 1996 com o objetivo de proteger a floresta tropical e defender os direitos dos povos indígenas da Bacia Amazônica. Estabelecemos parcerias com organizações ambientais e indígenas em campanhas pelos direitos humanos, pela responsabilidade corporativa e pela preservação dos Ecossistemas amazônicos.

Nossa Visão

O mundo que desejamos respeita e valoriza a diversidade cultural e biológica e a contribuição vital das florestas tropicais ao ecossistema do planeta. Acreditamos que a autodeterminação dos povos indígenas é fundamental e percebemos que seu conhecimento, sua cultura e suas práticas tradicionais contribuem enormemente para uma vida mais sustentável e igualitária na Terra. Lutamos por um mundo no qual os governos, as corporações e a sociedade civil respeitem o direito coletivo dos povos indígenas ao consentimento informado, prévio e livre com relação a qualquer atividade que afetem seus territórios e recursos naturais. Estamos comprometidos, em um espírito de parceria e respeito mutuo, a apoiar os povos indígenas na luta pela proteção da vida, da terra e da cultura de acordo com suas aspirações e necessidades.

Esté filme foi feito com ajuda de muitos grupos e ONGs sem fins lucrativos. O filme também não tem fins lucrativos.

Greenpeace i m c um g
news
  Desastre em Belo Monte é iminente', diz Conselho de Direitos Humanos
Globo
Delcídio diz que campanha de Dilma teve propina da usina Belo Monte
The Guardian
  Belo Monte pagará multa diária por não concluir obras de saneamento básico
Brasil de Fato
Delcídio do Amaral contou hoje à Justiça Eleitoral que as obras de Belo Monte renderam R$ 142 milhões em propina para o PT e o PMDB.
O Antagonista
  Jader no centro da propina de Belo Monte
Jornal Dia Dia
Exclusivo: Delcídio confirma propina de 142 milhões para PT e PMDB
O Antagonista
  Belo Monte and How NOT to Produce Energy in the 21st Century
Huffington Post
elator da Andrade Gutierrez diz que pagou mais de R$ 5 mi a Lobão
Metrópoles
  Brazil's Rousseff benefited from Belo Monte dam graft: report
Business Insider
Azevedo revela propina de 0,5% ao PMDB em Belo Monte
Brasil 247